Redes Sociais

Sem categoria

A vergonhosa relação Botafogo x Globo

Publicado

em

O Campeonato Brasileiro de 2019 apresenta pela primeira vez em décadas um sistema de divisão das cotas na TV aberta extremamente equilibrado. Mas, no pay-per-view… Toda a distorção de outros anos na TV aberta parece ter sido repassada para o premiere, com clubes ganhando 20 vezes menos do que o Flamengo, conforme mostra o ranking no fim da matéria.

O Flamengo vai faturar R$ 120 milhões, contra R$ 110 milhões do Corinthians, R$ 94 milhões do Palmeiras e R$ 71 milhões do São Paulo. O quarteto, somado, fica com R$ 395 milhões, que equivalem a quase 61% do bolo prometido no PPV.

Desta maneira, restaram apenas R$ 254 milhões para 15 clubes, levando em consideração que não houve acordo com o Athletico Paranaense – o patrono do Furacão, Mário Celso Petraglia, não aceitou a oferta de R$ 6 milhões.

Depois do quarteto, os mais bem pagos são Vasco (R$ 45 milhões), Grêmio (R$ 34 milhões) e Santos (R$ 26 milhões). Tais valores são projeções e contam, por exemplo, com bônus ligados a um eventual crescimento no número de assinantes do canal pago. Inicialmente, a Globo havia projetado uma divisão de R$ 650 milhões para a Série A com o PPV.

Mundo desigual: O Flamengo receberá R$ 114 milhões a mais do que seis clubes: Chapecoense, CSA, Fortaleza, Ceará, Goiás e Avaí. Esse grupo ocupa a última categoria do ranking, com pagamento projetado de R$ 6 milhões, cada.

Já o Corinthians, dono do segundo maior pedaço do PPV, terá direito a R$ 84 milhões a mais do que o Santos. Ou seja, o Peixe precisaria de quatro anos para receber uma quantia parecida à do Corinthians somente em 2019.

Os mineiros Atlético-MG e Cruzeiro também têm motivo para lamentar. Apesar de conseguir bons resultados no cenário nacional e sul-americano nos últimos anos, os rivais ganharão no máximo R$ 18 milhões, cada – valor muito otimista, levando em consideração que a Globo tenha aumento extraordinário no faturamento com o pay-per-view.

Vale lembrar que a emissora se baseou em pesquisas sobre o tamanho das torcidas no país para definir os valores a serem pagos. Como as negociações ocorreram de forma individual, alguns conseguiram melhores condições, como o Palmeiras, que superou o São Paulo, apesar de ter menos torcedores. O Verdão, inclusive, ficou fora da Globo e do pay-per-view em seus cinco primeiros jogos.

Importante: a partir do ano que vem, o modelo a ser adotado para a distribuição das cotas no PPV vai se basear no número de assinantes que cada clube tiver justamente no pay-per-view.

Na TV Aberta: Em 2019, os R$ 600 milhões prometidos aos times da Série A para terem seus jogos exibidos na Globo ficaram divididos da seguinte maneira: 40% de maneira igual, ou seja, R$ 12 milhões para cada um dos 20 integrantes; 30% de acordo com a classificação final do campeonato (somente os quatro rebaixados não recebem); e outros 30% de acordo com o número de partidas exibidas pela Globo.

RANKING DO PPV NO BRASILEIRÃO DE 2019*:

1º Flamengo: R$ 120 milhões

2º Corinthians: R$ 110mi

3º Palmeiras: R$ 94mi

4º São Paulo: R$ 71mi

5º Vasco: R$ 45mi

6º Grêmio: R$ 34mi

7º Santos: R$ 26mi

8º Internacional: R$ 24mi

9º Atlético-MG e Cruzeiro: R$ 18mi

11º Fluminense: R$ 15mi

12º Botafogo: R$ 13mi

13º Bahia: R$ 8mi

14º Fortaleza, Ceará, Chapecoense, Goiás, Avaí e CSA: R$ 6mi

Atlhetico Paranaense: sem acordo.

Fonte: Yahoo Esportes

Assista ao Diário da RB sob o comando de David Nunes O Gajo, assine o canal da RB no YouTube e seja Um Amigo da RB no Catarse.me/radiobotafogo.

Clique para Comentar

Newsletter

Anúncio Patrocinado

Facebook

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: