Redes Sociais

Notícias

Botafogo vê atletas em fim de vínculo, mas prioridade é virar clube empresa

Publicado

em

Diego Cavalieri está nos planos, mas renovação ficará para dezembro por causa de projeto de clube empresa

A matéria do uol fala exatamente o que a Rádio Botafogo falou assim que o projeto Botafogo SA foi divulgado. Não haverá nenhuma renovação, de qualquer jogador profissional, até que o projeto esteja concluído.

Os novos gestores escolherão quais contratos poderão ser renovados. Quais poderão ser rescindidos ou liberados para outros clubes. Só não sairá do zero, tudo será muito bem planejado, mas a execução será dificílima diante do curto espaço de tempo para tomada de decisão.

Botafogo tem sete atletas com o contrato chegando ao fim em dezembro. Normalmente o time estaria correndo para renovar com as peças que interessam, mas não neste ano. É que o Alvinegro passa por período de transição para se adequar ao projeto dos Moreira Salles que tornará o clube em empresa.

Assim, as decisões de renovação com Alan Santos, Diego Cavalieri, Gilson, Jean, Lucas Campos e Rodrigo Pimpão estão sendo ainda mais debatidas internamente. O cuidado que tem sido tomado é compatível quando há uma troca de gestão. Nelson Mufarrej ainda tem mandato até o fim de 2020, mas preferiu deixar essas decisões mais para o futuro.

O objetivo é não tomar nenhuma decisão equivocada neste momento de transição. Até porque um novo organograma do clube será debatido e, portanto, não se justifica antecipar qualquer situação. Evidentemente que há um risco nessa decisão. Todos esses atletas já estão livre para assinar um pré-contrato, mas o Botafogo colocou tudo na balança e tomou a decisão.

Da lista, Diego Cavalieri e Rodrigo Pimpão são os que têm mais chance de renovar com o Botafogo. Já houve, inclusive, algum tipo de conversa informal nesse sentido. Porém, as negociações só avançarão mesmo quando o processo de transição estiver completo – ou em fase mais avançada.

De acordo com o BIRA, da FFERJ (Federação de Futebol do Rio de Janeiro) outros dois atletas do Botafogo estão com vínculo até dezembro: Cícero e Diego Souza. Os dois, no entanto, tem acordo com a diretoria para estender os vínculos no fim do ano. O caso do centroavante ainda depende do São Paulo não exigir o seu retorno ao final do empréstimo.

Além destes atletas que fazem parte do atual elenco, o Alvinegro ainda conta com jogadores que estão emprestados na mesma situação. Arnaldo, Fernandes, Renan Gorne, Victor Lindenberg e Kieza ainda não foram procurados e devem buscar novos clubes a partir de 2020. Fonte:uol

Clique para Comentar

Newsletter

Anúncio Patrocinado

Facebook

%d blogueiros gostam disto: