Redes Sociais

Notícias

Botafogo visa plano de carreira para Matheus Nascimento, destaque da base

Publicado

em

Autor de três gols na goleada de 5 a 0 da seleção brasileira sub-15 sobre o Chile, na última quarta-feira, Matheus Nascimento vem ganhando os holofotes e é tratado como joia nas categorias de base do Botafogo. Ciente do assédio sobre o jovem e com a proximidade da data em que completa 16 anos – março de 2020 -, o que permite a assinatura do primeiro contrato profissional, o Alvinegro se prepara para manter o jogador em General Severiano.

Na última semana, integrantes da diretoria se reuniram com familiares de Matheus Nascimento para apresentar um plano de carreira e apontar o que pode ser feito a partir de 2020 em relação ao jogador, que foi descoberto na TROPS, um dos núcleos oficiais de escolinhas, em Niterói.

Apesar de pertencer à categoria sub-15, Matheus vem atuando também no sub-17 do Botafogo. Em 15 jogos nesta temporada – entre Carioca sub-15, Carioca sub-17 e Brasileiro Sub-17 -, foram 10 gols.

“O Matheus Nascimento é oriundo da TROPS, um dos nossos núcleos oficiais de escolinhas, que é uma grande parceira do clube. Ele está conosco desde os 11 anos de idade, estabelecemos uma proximidade e um respeito muito grande com a família dele. Então, nós valorizamos essa relação entre clube, atleta e família para que ele siga evoluindo dentro do Botafogo e, no ano que vem, assine o seu primeiro contrato profissional”, disse Tiano Gomes, gerente geral das categorias de base do Botafogo, à reportagem.

“O Botafogo enxerga o Matheus Nascimento como um expoente. É um menino com 15 anos, que vem se destacando no clube e que está na décima convocação para a seleção brasileira, sendo titular e artilheiro. Então, o Botafogo o vê como um atleta de alto potencial, mas a gente sabe que ainda é um menino muito novo e que tem um percurso grande a percorrer no seu processo de formação. A expectativa se torna grande pelo trabalho que ele vem realizando nos jogos, mas precisamos ter muita tranquilidade, obedecendo e respeitando essa maturação natural do atleta para que ele chegue da melhor maneira possível até a equipe profissional”.

Apesar de toda a movimentação em torno dele, Matheus é um jovem tranquilo. Quem assegura isso é Katyane, mãe do jogador, que ressalta que a família sempre o acompanha.

“Ele é um menino muito calmo, tranquilo, bem caseiro. Conversamos muito com ele, acompanhamos tudo, e ele lida muito bem com tudo isso que vem acontecendo. É um menino bem consciente”, afirma, lembrando o que o filho faz no tempo livre:

“Ele gosta muito de jogar futebol (risos) e dos games”.

Maurilio, pai de Matheus, ressalta que os familiares têm constantes contatos com o Botafogo e salienta a importância dessa estrutura por trás do jovem jogador.

“Conversamos muito com o Botafogo e queremos fazer tudo com calma. Recebemos contatos de empresários e essas coisas, mas sempre levamos tudo com calma. Felizmente, não vemos uma necessidade de pensarmos nisso (venda) agora”, aponta.

E, pelo visto, nem a diretoria do Botafogo pensa em uma despedida em breve. A partir do ano que vem, há a possibilidade de o futebol do Alvinegro estar sob um novo modelo de gestão, que envolve projeto encabeçado pelo irmãos Moreira Salles, e, além disso, a intenção do clube é poder utilizá-lo no elenco profissional.

“A expectativa do Botafogo é sempre ter os melhores jogadores em nossa equipe profissional. Acredito que chegar até a equipe principal também seja um grande objetivo para o Matheus, para que ele possa contribuir com toda a qualidade técnica que ele tem no momento certo. No que se refere a vendas ou cifras milionárias, acredito que devemos deixar para o futuro. É algo que a gente não pensa, o pensamento do Botafogo é continuar oportunizando-o para que se torne um atleta completo e faça uma bonita história dentro do clube”, sinalizou o gerente geral das categorias de base.

Clique para Comentar

Newsletter

Anúncio Patrocinado

Facebook

%d blogueiros gostam disto: