CLASSIFICAÇÃO ENCAMINHADA? EU QUERO É MAIS!

Seja o primeiro a comentar

Enfrentar o também líder do grupo fora casa não seria tarefa das mais fáceis. Todos sabiam!
Mas quando soou o apito inicial, nada de dificuldade. Muito pelo contrário! O que se viu foi um massacre e um amplo domínio alvinegro.

Com um pênalti logo aos dois minutos de jogo, nossa noite parecia começar perfeita, mas pecaríamos tanto nas finalizações ao longo do jogo que até tal penalidade foi apenas a primeira conclusão desperdiçada.

Mesmo com tudo isso, consegui ver algo de positivo na equipe após o revés do pênalti perdido. Ninguém se abateu. A entrega e a correria se mantiveram até o fim. Faltou pontaria? Sim e muito durante toda a partida.

Pimpão não foi aquele jogador com o qual estamos acostumados. Camilo correu como sempre, porém mesmo jogando em sua posição, não conseguiu repetir a bela atuação da semana passada. Sofremos um gol que talvez tenha sido o único lance de perigo da equipe equatoriana em todo o jogo.

Vejo que o elenco atual nos trouxe o lema “desistir jamais” e enquanto a equipe não conseguiu o empate através de nova cobrança de pênalti convertida por Sassá não se deram por satisfeitos. E aí já viu né? “Sassarrada” no ar!

Dava para ter vencido? Claro, mas o empate foi ótimo negócio. Espero que os erros dessa partida sejam corrigidos e sirvam de lição para as próximos jogos.

Chegamos à liderança do grupo com 7 pontos em 3 jogos, sendo com duas partidas fora de casa. E aí lhes pergunto: Qual alvinegro imaginava isso antes da partida contra o Estudiantes há um mês atrás? Creio que ninguém!

Entretanto, a força e a determinação dos nossos atletas mostram que até nós mesmos estávamos enganados.

Teremos 9 pontos em disputa pela frente e já podemos garantir a vaga já na próxima rodada. Para isso, basta vencermos o mesmo Barcelona no Estádio Nilton Santos e torcer para que o Atlético Nacional, que joga em casa, vença o Estudiantes.

Nós já contamos com uma das vagas enquanto alguns amigos rivais ainda não acreditam em nossa capacidade, porém digo a eles que não temos o que temer, afinal esse ano é diferente. Tudo bem que podemos não ter o melhor time ou o melhor elenco da Libertadores, mas dessa vez temos homens compromissados, batalhadores e que não desistem de uma bola sequer, honrando nosso manto a cada partida.

A primeira colocação no grupo é muito importante e, se for com ampla vantagem melhor ainda, assim teremos adversários teoricamente mais fáceis e poderemos decidir a vaga nas fases de mata-mata em nossos domínios.

Nosso Fogão que vem fazendo bonito desde o início, já começa a mudar o discurso de alguns jornalistas que começam a se render às nossas atuações. Confesso que preferiria que ainda duvidassem, assim como um babaca loiro que já atuou no Grêmio e na mulambada vem fazendo, pois para mim e para o elenco, isso é ótimo. Afinal, só alimenta mais ainda a cada um daqueles que estão literalmente comendo grama pelo nosso amado Botafogo.

Avaliações sobre a partida de ontem:

– Gatito Fernández: Não teve culpa no gol. Se mostrou muito seguro durante toda a partida e sabe direitinho como administrar o tempo quando necessário.

– Emerson Santos: Teve boa atuação, não comprometeu. Fez corretamente o básico na parte defensiva e não inventou em momento algum.

– Joel Carli: Deu espaço para o adversário dominar a bola e tabelar no lance do primeiro gol. No restante, se mostrou muito seguro e soube controlar os nervos nos momentos decisivos do jogo.

– Emerson Silva: Também bobeou no lance do gol adversário. Fora isso, esteve sempre seguro. Tornou-se peça-chave da nossa defesa ao lado do xerifão argentino.

– Victor Luis: Talvez seja atualmente nosso jogador mais regular do ano. Tem um histórico de boas partidas e ontem não foi diferente. Como de costume, terminou a partida inteiro e correndo muito.

– Rodrigo Lindoso: Muitos criticaram sua escalação pedindo Dudu Cearense em seu lugar, mas venho lembrar que o Dudu não tem a mesma velocidade, característica essencial em um jogo fora de casa. No geral, Lindoso não teve boa atuação, errou muitos passes que poderiam ter sido essenciais para que a bola chegasse mais vezes ao ataque.

– Bruno Silva: Mais uma vez se desdobrou em campo. O ponto fraco foi seu psicológico, pois demonstrou muito nervosismo novamente e teve que ser acalmado pelos companheiros para não ser expulso. No restante cumpriu bem seu papel.

– João Paulo: Perdeu um gol no início e errou dois passes importantes no fim do jogo. No mais, se mostrou um leão dentro das quatro linhas, esteve em todas as jogadas e distribuiu bem os passes, principalmente no primeiro tempo. Talvez tenha sido o melhor em campo.

– Camilo: Perdeu um pênalti que não poderia, mas que infelizmente acontece. Correu muito e tentou tudo que pôde, todavia foi pouco efetivo e não conseguiu ser o Camilo da última partida.

– Rodrigo Pimpão: Muito apagado durante toda a partida, tentou passes de efeito que não deram certo e o que se viu foi um jogador muito abaixo daquele que estamos acostumados a ver.

– Roger: Fez bem o papel de pivô e prendeu bem a bola quando acionado, mas se movimenta muito pouco e dá poucas opções aos companheiros. Com a boa fase de Sassá, penso que sua ida para o banco é questão de tempo.

– Fernandes: Entrou no lugar de Emerson Santos para tentar dar mais apoio ao ataque pelo lado direito já que este não é o forte de seu companheiro, porém ficou em campo apenas pouco mais de dez minutos e foi pouco acionado.

– Guilherme: Entrou no lugar de Rodrigo Lindoso para dar mais fôlego ao ataque alvinegro e cumpriu bem a sua função, principalmente ao fazer uma bela jogada que resultou em uma falta perigosa.

– Sassá: Entrou no lugar de Roger e mostrou novamente sua estrela. Bateu o pênalti com muita frieza e nos garantiu o empate. Dá indícios que deva se tornar o titular em breve.

– Jair Ventura: Excelente postura. Mostrou que vai incomodar os adversários mesmo jogando fora de casa. Não teme e não se abate em momento algum. Mesmo escalando três volantes, prova que sua equipe não deixa de ser ofensiva e ontem foi mais uma prova disso.

Virando a chave, teremos uma verdadeira maratona a partir de agora.

A próxima partida é pelo Campeonato Carioca, no próximo domingo às 16:00, no Maracanã contra a mulambada.

Imagino que Jair Ventura vai consultar o departamento de fisiologia e escalar um time misto, algo que eu também o faria.

Afinal, agora teremos decisão atrás de decisão sempre com dois jogos importantes por semana, caso vençamos neste domingo. Vamos com tudo! Jogar com inteligência é fundamental e só a vitória nos interessa, já que o empate é deles. Queremos e vamos vencer!

E pra terminar, só sei de uma coisa: Nossa estrela brilhará sempre mais forte!

Por fim, volto a te convidar a conhecer os novos planos de sócio torcedor do Botafogo. Por apenas R$ 13,90 mensais, você ajuda nosso clube e tem uma série de benefícios no plano básico.

Associe-se em Sou Botafogo. O Botafogo somos nós e precisamos participar do processo de soerguimento do clube.

Saudações alvinegras! – Curta, comente e compartilhe!

Minhas redes sociais:          Twitter          /          Instagram          /          Facebook

Se você gostou, espalhe esta coluna pelas suas redes sociais e nos ajude na divulgação deste espaço.

Publicado no dia

Deixe um comentário! 0