DÉCIMA FINAL DO ANO

Seja o primeiro a comentar

Alô galera alvinegra! Otto na área chegou. Pintou e marcou. Quem tem estádio aí levanta a mão! Sai da frente porque aqui a gente já chega com Sassarrada no ar. Ninguém pode marcar bobeira. Despetalamos mais uma vez as florezinhas. E não adianta ficar de mimimi. Não gostou, chama o tal do advogado. Se fosse para ser justo mesmo, a gente tinha que ter entrado com nosso time C em campo. Acabou que a gente entrou com nosso time B apenas. Engole o choro.

Gostei do time nessa última partida. Mesmo com peças reservas, nossa equipe foi para cima do início ao fim do jogo. Levamos um golzinho no final, né. Também com Renan Fonseca em campo nunca vamos ter placar zerado. O cara é um pára-raio de gol. Que maldição.

Sobre a polêmica do Camito eu prefiro nem comentar. Gosto de falar sobre o que ele fez em campo. Por sinal quando o cabeludo joga centralizado rende muito mais. Ele fica livre para criar. Torço incansavelmente para o Jairzinhozinho encontrar um esquema para os dois nessa meiuca. A dupla Camitillo tem que entrar em ação logo.

Agora, peço aplausos e mais aplausos para um momento especial. Chegamos a marca dos 30 mil sócios. Lembro muito bem do último Natal, pouco depois que a gente conquistou a vaga para Libertadores, eu saí comprando cadeiras e planos de ST para a família inteira. Éramos menos de 9 mil naquela noite. E eu tinha certeza que iríamos chegar nessa marca. Parecia impossível. Mas, está aí. O número não pára de crescer. O ciclo positivo tem nos ajudado até mesmo quando o campeonato não vale nada. A torcida tem mostrado sua força mais do que nunca. Em breve, não vai ter lugar para todo mundo sentar no Niltão. Meus parabéns a todos os envolvidos. Por isso que sempre digo. Fazer as coisas certinhas precisa de planejamento e vontade. O resultado sempre vem. Nada vem por acaso. Conseguimos a vaga na Liberta, time tem jogado com raça, o estádio está lindo, a torcida apoia até o fim e o círculo vicioso não pára de girar.

Vamos falar agora do que interessa. Plata o Plomo? Acabamos de chegar na Colômbia e devemos mostrar logo quem manda. Buemba, buemba! Temos que nos impor nessa partida. Jogo duríssimo contra o atual campeão da Libertadores. Quem passou por Colo-Colo, Olimpia e Estudiantes não devia imaginar que o pior ainda está por vir. Mas, Libertadores é sempre assim. O pior sempre vai ser o próximo. Sempre. Décima final do ano. Nem adianta calculadora. Quebra isso. Não serve pra nada aqui. Aqui o que serve é coração. Esquece a razão. Libertadores se joga com a alma. É bater no peito e soltar babas pelos cantos da boca. É comer grama e não reclamar. Assim que vamos mais longe. Cada jogo se superando mais. Sem brincadeiras. Isso aqui é Botafogo. Vamos entrar para história. Estamos juntos. Pra cima deles, Fogão! Sempre estarei com vocês, aí na área!

Publicado no dia

Deixe um comentário! 0