E SE A GENTE TIVESSE MAIS AMBIÇÃO?

Seja o primeiro a comentar

Alô galera alvinegra! Otto na área chegando. O título do texto de hoje é bem sugestivo mesmo. Acho que estamos em uma fase de transição e evolução bem grande em nosso clube. Também acho que todo mundo conseguiu notar as mudanças internas, nos planos ST, nas tabelas dos campeonatos, no estádio, etc. Agora vamos finalmente ter até um CT. A meu ver estamos no meio de um caminho muito promissor.

Espero muito que o novo presidente independente de quem seja, nos leve ao patamar mais alto. A barra precisa subir. Não podemos é ficar justificando erros atuais com o passado. O passado é pra ser gerido e corrigido. O presente e o futuro são para serem melhorados.

Eu vejo a final da Libertadores hoje e penso que por muito pouco a gente não está lá. Você também, não pensa assim? Eu vejo a tabela do Brasileirão e reflito se a gente tivesse levado um pouco mais a sério como levamos a Liberta, a gente estava na briga pelo título. Porém, pra mim antes de mais nada falta ambição. Essa é a palavra que julgo ser um grande problema hoje. Obviamente que nosso time tecnicamente não é dos melhores, que nosso orçamento também não. No entanto, se o nosso time tivesse uma ambição  também. É isso que faz um time como aquele de 95 ser campeão. Ainda vejo muitas vezes a gente remoendo que fomos longe demais na Libertadores. Que ir de novo para Libertadores é um feito inédito. Esquece isso. Isso tem que acabar. A gente quer o Botafogo sempre lá em cima. A gente tem que pensar grande. Ir para Libertadores precisa virar obrigação. Temos que cobrar isso. Temos CT, temos estádio, temos ST, temos uma torcida que apóia até o fim que faz cada festa de dar inveja. O que falta para coroar tudo isso com um título? Por favor, quem sentar na cadeira mais importante do Botafogo ano que vem precisa ter essa ciência. Já vi candidato falando que vai ser complicado, vamos perder jogadores e blá, blá, blá. Aquele discurso que conhecemos da década passada. Esquece, esquece, esquece. Não estou falando aqui em alavancar uma dívida em busca de um sonho. Estou falando de trabalho. Chega de amadorismo. O CEP em vários momentos mostrou estar longe de ser amador. Fez muita coisa pelo clube e nos trouxe a outro patamar. Não é balela. Os números estão aí. Trouxe para um lugar de onde nunca devíamos ter saído. Mas, esse rótulo de amador várias vezes se fez no entorno de sua gestão.

Nós temos que pensar o Botafogo do tamanho do Botafogo. Eu quero ver o comentarista ano que vem se borrando ao falar de Botafogo. Vai ter pena de outro time. A surpresa vai ser outro time. O Botafogo precisa ser a certeza. A torcida do Botafogo precisa de um título concreto. Esse é o próximo passo. Coloquem isso como meta primordial para 2018. Quem entrar lá, precisa estar com isso na veia desde 01 de janeiro. O Botafogo tem que ser campeão da Libertadores, da Copa do Brasil ou do Brasileiro em 2018. É isso. Foquem. Faça tudo que for necessário. Pois esse ano, teve gente saindo de Manaus, indo pro Uruguai, Argentina para torcer pelo nosso glorioso. Ano que vem não será diferente. Mas, vamos juntos nessa luta. A gente sabe que vocês podem chegar lá. Vocês nos mostraram isso esse ano. Ano que vem, nós torcedores prometemos que também vamos nos doar ainda mais com tudo que tiver ao nosso alcance. Seja criar mosaic 3D, explosão, ir em treino, viajar, tatuar o corpo, fazer promessa. Vamos fazer esse pacto? Juntos somos mais forte.  Te amo, Botafogo. Ontem, hoje e sempre tô na área!

Publicado no dia

Deixe um comentário! 0