HONRAR O MANTO, DENTRO E FORA DE CAMPO!

Seja o primeiro a comentar

Semana conturbada por conta do caso Camilo. Após muita boataria e informações desencontradas, ficou claro que realmente houve algum problema interno que foi abafado e esperamos que efetivamente tenha sido resolvido como ouvimos em diversas entrevistas de jogadores e até mesmo do Antônio Lopes.

Essa história de que “não houve nada” que alguns pseudojornalistas tentaram nos empurrar claramente não foi o que de fato ocorreu embora realmente a esposa dele esteja grávida, houve algum desentendimento, primeiramente, entre jogador e treinador e que se transformou em uma questão do grupo. A própria entrevista do Camilo pós-jogo dizendo que conversará com todos hoje para esclarecer a situação comprova que o elenco não ficou satisfeito com sua atitude.

Abandonar o treino na sexta e não comparecer no sábado não é uma postura aceitável de jogador algum mesmo que ele tenha razão em sua contestação. Respeitar a instituição Botafogo está acima de qualquer discussão tática ou de posicionamento e manter a união e bom ambiente do grupo é imprescindível para o atingimento dos objetivos do clube.

A torcida espera que o caso realmente tenha sido superado e que este elenco saia dessa ainda mais forte e coeso em busca das vitórias e dos títulos que tanto desejamos.

Com a bola rolando, passamos por cima dos tricoletes. Abrimos 2 x 0 na primeira etapa (tudo bem que o segundo gol foi absurdamente validado) com muita superioridade e dominando as ações. Na segunda etapa, apenas seguimos em ritmo de treino e jogando com o regulamento e a vantagem embaixo do braço ainda ampliamos o placar antes de diminuírem a contagem.

Um 3 x 1 com tranquilidade e mostrando a grandeza da estrela solitária que só precisou escalar os reservas (exceção ao goleiro) para vencer o time misto do menor do Rio. A quantidade de gols sofridos demonstrou claramente a qual divisão pertence cada equipe.

Vamos à análise dos guerreiros que honraram nossas cores com dignidade:

– Gatito Fernández: Atuação segura. Fez boas defesas ao longo do jogo, em especial uma no primeiro tempo que deveria ter contado como um gol alvinegro.

– Fernandes: Contido nos avanços ao ataque, privilegiou a marcação e a preservação no setor defensivo por conta de estar atuando improvisado e claramente demonstrar pouca intimidade com a função. Cometeu o pênalti que gerou o gol adversário, mas não pode ser crucificado por sua atuação, pois fez o chamado “feijão com arroz”. Talvez devesse ter sido substituído na metade do segundo tempo para que pudéssemos testar outra opção no setor durante uma partida oficial.

– Igor Rabello: Fez um gol relâmpago com pouco mais de um minuto e teve atuação sólida na defesa apesar de ter cometido pênalti não-marcado quando o jogo ainda estava 1 x 0.

– Renan Fonseca: Foi um monstro nas bolas aéreas e teve grande atuação cortando os cruzamentos à área alvinegra. Com a bola nos pés teve atuação inversamente proporcional com diversos passes errados e péssimas tentativas de saída de bola gerando ataques perigosos ao adversário. Ainda deu uma pixotada em tentativa de cortar bola para a lateral gerando um escanteio. Claramente sente a pressão da torcida por não apoiá-lo e se abate tendo atuações constantemente inseguras apesar da melhora em relação aos últimos jogos. Merece destaque pela postura mesmo em uma situação desfavorável em sua relação com a torcida.

– Gilson: Teve boa atuação ao longo da partida e foi responsável por duas assistências. Quase entregou um gol ao sair jogando errado e proporcionar a jogada que acabou no pênalti não-marcado feito pelo Igor Rabello. No fim, o saldo foi positivo.

– Rodrigo Lindoso: Atuação discreta. Como o mesmo já disse, fez o “trabalho sujo” e não apareceu muito pra galera apesar de exercer função importante para o coletivo.

– Dudu Cearense: Marcou um gol em claro impedimento (mas que culpa ele tem se a arbitragem brasileira é um lixo?) e teve boa atuação durante toda a partida. Me impressiona muito sua postura nas coletivas e entrevistas que concede demonstrando ser um jogador de grupo e ciente do seu papel.

– João Paulo: Vem apresentando um futebol mais vistoso a cada partida. Diria que esta foi a sua melhor até o momento apesar de não ter tido uma atuação de gala ainda. Quase fez um bonito gol em chute de fora da área. Teve participação efetiva e importante no meio-campo alvinegro.

– Camilo: Teve uma atuação mediana, um pouco superior às que vinha tendo jogando deslocado, mas não fez por onde para “compensar” o comportamento reprovável que teve. Acredito que por conta desse episódio, tenha facilitado a vida do Jair na escolha do meia titular em caso de mudança do esquema com a volta dos três volantes se assim o treinador optar.

– Guilherme: Teve atuação discreta. Já foi mais importante em outros jogos onde entrou apenas no fim e pegou os adversários já cansados.

– Sassá: Novamente teve oportunidade, desta começando como titular e novamente deixou o seu. Com direito a “Sassarada no ar” fechou a contagem com um belíssimo gol girando sobre o fraco zagueiro tricolor. Vem pedindo passagem no time titular e só não garantiu ainda sua vaga por conta dos recentes episódios de indisciplina e porque o titular também vem marcando com frequência. Briga boa e quem ganha é o Botafogo!

– Matheus Fernandes: Entrou no lugar do Lindoso faltando dez minutos e seria injusto uma maior avaliação com tão pouco tempo. Eu o teria testado na lateral direita na vaga do Fernandes no terço final do jogo para termos mais opções no setor.

– Pachu: Teve nova oportunidade na equipe no fim da partida entrando na vaga do Guilherme a fim de dar mais velocidade ao nosso ataque, porém não se destacou nos quinze minutos finais de jogo onde o time já aguardava apenas o apito final.

– Vinícius Tanque: Substituindo Sassá que sentiu o ombro após dividida, entrou e teve uma única chance que parou na trave. A pergunta que me faço é: Por que ele tem chances com certa recorrência e o Renan Gorne nunca está nem no banco? Será que o Gorne vem pior do que ele nos treinamentos e não vem fazendo por onde ser testado nem no Carioca?

– Jair Ventura: Escalou uma equipe reserva visando a preparação e o descanso da equipe para os jogos da Libertadores que são o objetivo principal do clube neste ano. Pôde observar alguns jogadores e certamente ganhou mais opções para modificar a equipe em caso de necessidade nestas partidas. Aparentemente vai voltar ao esquema com três volantes do ano passado por conta de tudo que ocorreu durante a semana e também pela ausência de laterais direitos disponíveis no elenco e por estarmos jogando fora de casa. Já informou que na final da Taça Rio vai de time reserva e tem total apoio de direção e torcida na decisão.

Agora a ansiedade aumenta! Vamos voltar a viver esse sentimento que a Libertadores nos proporciona depois de um longo recesso de mais de trinta dias sem podermos ver o manto alvinegro se impondo pela América.

Vamos em busca de duas vitórias e da classificação antecipada. Seis pontos seriam espetaculares, quatro seria excelente, três muito bom, dois também seriam bons resultados, porém, na pior das hipóteses, temos que trazer um pontinho dessa nossa pequena excursão latino-americana para garantirmos a classificação com duas vitórias em casa posteriormente.

Vamos todo juntos com nosso Fogão porque a América é nossa e o gigante vem botando medo em todos, sejam os que falam português ou os que “hablan español”.

Por fim, volto a te convidar a conhecer os novos planos de sócio torcedor do Botafogo. Por apenas R$ 13,90 mensais, você ajuda nosso clube e tem uma série de benefícios no plano básico.

Os novos pacotes têm os seguintes valores promocionais:

– R$ 14,00 (Plano Mensal – Direito a comprar ingresso com 50% de desconto)

– R$ 450,00 (Plano Anual – Sudeste)

– R$ 800,00 (Plano Anual – Oeste)

Para todos os jogos restantes com mando de campo do Botafogo no ano de 2017. Tem ainda os Planos VIP e Premium para a galera que quer mais conforto e exclusividade por valores mais elevados.

Associe-se em Sou Botafogo. O Botafogo somos nós e precisamos participar do processo de soerguimento do clube.

Saudações alvinegras! – Curta, comente e compartilhe!

Minhas redes sociais:          Twitter          /          Instagram          /          Facebook

Se você gostou, espalhe esta coluna pelas suas redes sociais e nos ajude na divulgação deste espaço.

Sigo com minha bandeira na mão e nosso escudo no lugar do coração!

Publicado no dia

Deixe um comentário! 9


  • jorge disse:

    Meu caro!!! mesmo com descanço (poupar) ainda conseguimos perder Airton e Montillo para a guerra, eu não consigo entender essas coisas. Um grande abraço e saudações alvinegras.

    • Jorge, nosso departamento médico era extremamente incompetente e acaba de ser trocado, mas será que a preparação física e fisiológica é competente?
      Ou precisaríamos de mudanças nestes setores também?
      Só o tempo irá nos dizer!
      Abraços!

  • Rafael Padulla disse:

    Esse episódio do Camilo me fez abrir los olhos contra muitos veículos de comunicação que deixei de seguir, cada um queria publicar algo ” inédito!” sobre o fato que virou manchete . Camilo cometeu um erro grave, mas alimentando o fato estaremos agindo como ” Fla Press” , bola para frente que o cara tem crédito.

    Não consigo esquecer que Camilo chegou no time em um campeonato brasileiro onde o Botafogo estava brigando para não cair e no final terminamos disputando vaga na libertadores, uma relação que tem sido benéfica tanto para o clube como para o jogador que teve como premio pelas boas atuações a convocação para a seleção brasileira.

    Sassá meteu mais um golaço!!!!! Outro que cometeu um erro de comportamento entre temporadas 2016/2017 a cada jogo mostra seu valor ao clube, mas na minha opinião no ataque titular ele não tem vaga, ROGER e PIMPÃO estão em boa fase e metendo gols.

    • Rafael, concordo com tudo que vocês escreveu.
      Apenas como contraponto, temos que lembrar que o Botafogo é maior do que qualquer jogador, portanto, se o Camilo fez algo que prejudicou ao grupo ou desrespeitou a instituição, deve sim haver consequências.
      Aparentemente, tudo foi resolvido internamente, mas é inegável que algo ocorreu.
      Quanto ao ataque, também concordo. Sassá sempre foi jogador de segundo tempo, mas se o Roger não continuar fazendo gol todo jogo, já, já perde essa vaga.
      Abraços!

  • Rafael Padulla disse:

    abraços e saudações alvinegras

  • Wanderson Luiz disse:

    Muito bom, texto bacana demais, parabéns a todos os envolvidos…
    E quinta feira será um dia lindo e vitorioso já posso sentir isso, estamos aterrorizando os sul americanos até os extremistas islâmicos estão ciente que estamos detonando mais que eles, estão com medo…

    • Muito Obrigado, Wanderson!
      Espero que seu pressentimento esteja correto e que quinta tenhamos uma noite feliz e um feriadão de festa pela vitória!
      Quanto ao medo dos adversários, é bom mesmo eles respeitarem a estrela que mais brilha no mundo.
      Abraços!

  • Brandi disse:

    I never make polenta! I need to add this to the folder of "One Perfect Biqoetu&t; recipes. I am envious of the fresh berries. When I lived in KC we always picked berries this time of year. I've never heard of the flognard. It looks beautiful and delicious.