IMPOSSÍVEL NÃO SE EMOCIONAR

Seja o primeiro a comentar

Alô galera alvinegra! Otto na área soltando aquele grito que andava engasgado, mas que agora voltou a ser expulso da garganta. Impossível escutar aquele apito no final do jogo e não se emocionar. Vi velhinhos no meu lado de 80 anos chorando como criança recém-nascida. Vi pais beijando filhos e se abraçando como nunca fazemos nem no dia dos Pais. Vi mulheres aos prantos como se tivessem acabadas de serem pedidas em casamento pelo príncipe encantado. Não adianta, existem coisas nesse mundo que só o Botafogo vai proporcionar para você. O futebol consegue gerar essa emoção que não vemos em lugar mais nenhum. O que deve ter de petista abraçando fãs de Bolsonaro, o que deve ter de machistas abraçando feministas, no final o importante é que nada disso vale mais nesse momento do que a paixão em comum pelo seu time.

Ser Botafogo é algo mágico. Não somos o time querido pela imprensa. Não entramos na Libertadores dizendo que seríamos campeão. Não somos ricos. Não somos soberbos. Não somos nada disso que vende jornal e dá ibope. Nós somos botafoguenses. Temos as nossas próprias crenças. Que o mundo se torça a nós no final da história. A gente sabe que é preciso lutar muito mais do que restante. A gente sabe que é preciso correr dobrado. A gente sabe que precisa gritar mais alto.

Entramos na competição pela porta dos fundos. Exterminamos campeões. E nos classificamos. Como isso muda tudo. Estádio lotado, camisas esgotadas, uma festa linda em nosso estádio com a nossa cara. Aquele vídeo da torcida esbravejando, subindo pelas grades após a classificação é para virar a noite assistindo. A gente sabe o quanto foi sofrido para chegar e a gente também sabe onde vamos lutar para chegar.

No dia de hoje eu só tenho a agradecer ao meu pai por ter colocado essa estrela solitária no meu peito. Em um momento como esse, eu sempre lembro dele. Mesmo ele lá em São Paulo trabalhando. Ele que me ensinou todas as superstições que tenho e sigo em cada jogo. Ele me passou esse amor pele glorioso. Em um mudo que as pessoas tão pouco se emocionam de verdade, ver o que vi ontem em um estádio de futebol é de arrepiar. Um sentimento que não tem como explicar. Meu pai levou 76 anos para ver o Botafogo passar de fase na Libertadores. E nós passamos. A magia da vida é justamente essa. Viver cada um dos novos momentos como se não houvesse amanhã. Não importa quanto tempo isso leve. Eu imagino a sensação e o coração do meu pai e da minha mãe ontem ao fim do jogo. Ver essas cenas da vida que levaremos para sempre. E tenho certeza, que nós ainda vamos viver muitas alegrias inéditas nessa vida. Ser Botafogo é isso. Todos podem pensar o contrário, e por isso ninguém jamais vai conseguir mensurar a nossa paixão. Deixo aqui meu teclado com o que me restou de lágrimas. Obrigado por tudo, meu Botafogo. Tô na área!

 

Publicado no dia

Deixe um comentário! 1


  • Lívia Silva disse:

    Não tem como não se emocionar! Lembrar do que senti ontem pela primeira vez em um estádio de futebol eu chorei, eu gritei e abracei qualquer um que aparecia na minha frente. Ver minha torcida sorrindo, cantando pelos corredores e ruas. Buzinar ao passar perto de Botafoguenses e ser respondido com um grito de “Fogoooo”. Parecia uma final! Me encontro em lágrimas ao relembrar do dia 18/05/2017, dia marcado em meu coração. E assim como o Otto disse, agradeço eu também ao meu pai por ter colocado a estrela solitária em meu peito e com toda paciência do mundo ter me mostrado a essência de um botafoguense apaixonado. Lembro-me que no sábado dia 13/05/2017 levei meu pai para conhecer a nossa cede em General Severiano, e pela primeira vez eu o vi chorar. Ali eu pude entender que amor é esse e me peguei abraçada com ele, ouvindo um “Obrigada minha filha, estou extremamente feliz”. Pra muitos, aquele lugar ali é natural; mas para ele pisar ali, ver os troféus e as fotos dos maiores ídolos do seu time; foi como o dia em que ele me viu nascendo. Obrigada Botafogo! Obrigada torcida, jogadores, nossos ídolos eternos que zelam por nós, diretoria, atletas e todos os que constroem a cada dia o Botafogo! Definitivamente o meu sangue ferve por você!