NADA VAI NOS PARAR – AQUI É BOTAFOGO, PO##@!!!

Seja o primeiro a comentar

Que orgulho ver esse time do Botafogo jogar!!!

Não é o time mais técnico que já tivemos (longe disso), não é o time que mais ataca, nem é o que mais tem posse de bola, dificilmente goleia ou marca muitos gols e também não finaliza tanto assim, mas é impressionante como esse é o time mais confiável que já vi vestir nosso manto.

O Botafogo entra em campo e joga de igual para igual (à sua maneira) com qualquer equipe. E digo à sua maneira, pois o Botafogo não faz questão de ter a bola o tempo todo, o Botafogo não tem um meio e ataque super criativos, mas esse Botafogo é guerreiro, lutador, valente, eficiente, quase invencível…

Um time que não se dá por vencido nem mesmo sob as maiores adversidades, seja com um a mais ou um a menos em campo, a dedicação e o comprometimento dos jogadores nos faz acreditar que tudo é possível. E a primeira coisa necessária para que tudo seja possível é realmente se acreditar nisso. Esse elenco acredita, a torcida também e os resultados positivos se multiplicam…

Obviamente que possíveis reforços serão bem-vindos, diria que são, inclusive, imprescindíveis, principalmente um atacante pra ontem, porém, independente de quem possa vir ou não, todos sabemos que esse Botafogo lutará até o fim, contra tudo e contra todos em busca de seus objetivos.

Por falar nisso, não podemos deixar de ressaltar o assalto que sofremos no fim da etapa inicial e que foi fundamental para mudar o panorama do jogo no segundo tempo. A incompetente assistente da partida (nem vou citar o nome dessa cidadã) marcou um absurdo impedimento legal por 2,4 metros (como podemos ver na foto em destaque neste post) no momento em que o Botafogo faria 2 x 0 e, praticamente, mataria a partida, pois precisaria sofrer quatro gols para ser eliminado.

Um erro absurdo, inaceitável e que não pode passar batido! ELA TEM QUE SER PUNIDA SEVERAMENTE, pois não podemos correr o risco dessa incompetência ser revisitada ali na frente em um outro jogo eliminatório em que podemos não conseguir a vaga por conta de absurdos como esse.

Já basta aquela outra (que também não citarei o nome pra não dar moral) que quis se promover em cima da gente em 2007 numa semifinal pelo mesmo campeonato e hoje ainda é uma das responsáveis diretas pelo quadro de arbitragem, que conseguiu posar nua e faturar em cima de seu erro grosseiro. Não haverá Playboy em 2017 premiando a incompetência!

Independente de ser homem ou mulher, a punição à conduta e atuação deve servir de exemplo a todos os demais e isso nada tem a ver com gênero. É preciso premiar a competência e expurgar os incompetentes e/ou mal-intencionados, seja em que grupo ela estiver.

Antes disso, o Roger tinha feito essa pintura (que merece destaque) e que, no fim, acabou nos dando a vaga à próxima fase.

Vamos à análise dos jogadores:

– Gatito Fernández: Outra boa atuação. Pegou tudo que chegou à sua meta, saiu bem do gol em vários lances com destaque para uma bola disputada com o Diego Souza tentando finalizar de voleio.

– Emerson Santos: Defensivamente foi bem, afastando várias bolas ali pelo seu lado, porém com a bola nos pés, ele acredita ter uma qualidade que não tem. Alguém precisa informar a este garoto que ele pode nos ajudar, que tem qualidade, mas que não é o novo Beckenbauer para querer sair jogando e/ou driblando na região do campo em que ele atua. Ofensivamente é nulo, mas nem o julgo neste ponto, pois está quebrando um galho improvisado. Enfim, nos deu vários sustos, mas não comprometeu.

– Carli: O xerife de sempre. Afastou todas as bolas pelo alto e não perdeu uma disputa sequer dentro da área. Sua presença garante uma solidez defensiva muito maior ao time.

– Igor Rabello: Confirma ser o dono da vaga a cada nova partida. Ao lado do Carli tem tido atuações ainda melhores do que com outros companheiros e passa uma segurança grande à equipe.

– Victor Luis: O símbolo do espírito dessa equipe. Ele é a cara desse Botafogo! Valente, determinado, guerreiro, representa aquilo que cada um de nós em campo imagina que faria caso tivesse a oportunidade de lá estar. Um verdadeiro alvinegro atuando na lateral esquerda. O nome que até hoje mais bem representa o maior lateral esquerdo de todos os tempos e que carrega com orgulho e merecimento o ídolo Nilton Santos estampado ao lado de nosso escudo em seu peito. Gostaria muito que o Botafogo o comprasse, mas dependemos de convencer o Palmeiras para isso.

– Airton: Fez boa partida e compôs bem nosso sistema defensivo. Taticamente a equipe atua muito bem com sua presença em campo.

– Lindoso: Vinha fazendo boa partida até sentir um problema muscular no fim da primeira etapa.

– João Paulo: O melhor em campo. Marcou, apoiou, lutou, deu passe para o gol e teve a atuação que dele se espera. Esse sim foi o jogador que fez o Botafogo comprar seu passe! Atuação para ficar marcada e ser repetida com mais regularidade!

– Camilo: Acredito que destoou de toda a equipe. Uma de suas piores atuações em 2017 sendo pouco produtivo tanto ofensiva quanto defensivamente. Ao fim do jogo, alegou estar jogando no sacrifício pela escassez de opções no setor, mas apesar de compreender, não há como o exaltar. Muito mal em campo!

– Pimpão: O conhecido guerreiro de sempre. Exausto no fim do jogo após ser primoroso taticamente, poderia ter feito o seu gol se tivesse recebido os passes nos contra-ataques que tivemos. Muito boa atuação!

– Roger: Foi o matador que a torcida espera que ele seja. Fez um belo gol numa jogada de extrema qualidade e garantiu nossa vaga à próxima fase. Independente do gol, fez uma de suas melhores partidas.

– Dudu Cearense: Entrou muito bem na vaga do machucado Lindoso e cumpriu sua função com excelência. É uma opção para o setor que deve ganhar mais oportunidades.

– Matheus Fernandes: Entrou no fim na vaga do João Paulo que pediu para sair faltando poucos minutos. Foi bem apesar do pouco tempo em campo, rechaçando algumas bolas perigosas alçadas na nossa área.

– Guilherme: Entrou no lugar do Roger para dar mais velocidade ao time e puxar os contra-ataques que poderiam matar o jogo a nosso favor. Apesar de ter tido várias chances foi extremamente individualista e egoísta e não deu o passe a companheiros melhores posicionados em várias jogadas. Precisa ser alertado pelo Jair de que o objetivo é coletivo e que não há espaço para estrelismos (ainda mais para quem mal entrega o básico). Não podemos esquecer que foi decisivo no primeiro jogo e que essa classificação veio muito por conta da vantagem obtida com os gols dele aqui no Rio, mas fica o alerta para as próximas partidas.

– Jair Ventura: Escalou o time de acordo com a sua filosofia e fez as substituições perfeitamente. Poderia ter tirado o Emerson da lateral já no intervalo do jogo por conta do cartão amarelo sofrido por ele e que nos gerou um risco iminente de ficar com um a menos, principalmente após a expulsão do Rogério (atacante deles). Felizmente, o Emerson conseguiu acabar o jogo em campo e não tivemos prejuízos. Acredito que por conta do desgaste físico do time tenha guardado essa substituição e sua decisão acabou se mostrando acertada no fim. Além do bom trabalho que vem fazendo à frente da equipe, vem tendo uma sorte que esperamos que se mantenha, ao menos, até o apito final da última partida do ano em Abu Dhabi.

Agora temos a mulambada em Volta Redonda já que os incompetentes não conseguiram nem liberar a mulambilha para o clássico. O jogo será no domingo às 11:00 e, pra fechar nossa semana com chave de ouro, traremos os três pontos e deixaremos a FlaPress ainda mais desesperada.

O Botafogo 2017 é a imagem e semelhança do espírito que todos nós esperamos de uma equipe que, mesmo limitada tecnicamente, precisa sempre apresentar. Estamos com vocês e acreditamos que não há limites de até onde esta equipe possa chegar.

Sigamos juntos e rumo aos títulos!

Por fim, volto a te convidar a conhecer os novos planos de sócio torcedor do Botafogo. Por apenas R$ 13,90 mensais, você ajuda nosso clube e tem uma série de benefícios no plano básico.

Associe-se em Sou Botafogo. O Botafogo somos nós e precisamos participar do processo de soerguimento do clube.

Saudações alvinegras! – Curta, comente e compartilhe!

Minhas redes sociais:          Twitter          /          Instagram          /          Facebook

Se você gostou, espalhe esta coluna pelas suas redes sociais e nos ajude na divulgação deste espaço.

Sigo com minha bandeira na mão e nosso escudo no lugar do coração!

Publicado no dia

Deixe um comentário! 6


  • Rafael Padulla disse:

    Engraçado que não vi a irritação de certos comentaristas desta vez, que o erro foi contra o Botafogo .
    Ainda não me esqueço de um certo comentarista do SporTV (de mesmo nome que nosso camisa 9) o mesmo estava indignado com a vitória do Botafogo sobre o Atletico mg ( 3 x2 na época) dizendo que um erro de arbitragem estava definindo o campeonato..
    Desta vez o comentário foi passageiro … ” da pra ver que a bandeira não sabe a regra mas o Botafogo passou…” , time foi bem prejudicado por um erro grotesco.

    • Rafael,

      Justamente por isso foquei a coluna mais no erro grotesco do que na vitória em si. Como passamos, o assunto fica meio esquecido e não dão a devida importância.
      Caso estivéssemos eliminados, estaríamos revoltados com essa incompetente e a mídia lamentando uma injustiça (só para parecer solidária), mas com aquele sorriso de canto de boca que a gente sabe que eles dão.
      A reclamação tem que ser ainda mais forte e mais consistente quando vencemos para mostrar que mesmo sendo prejudicados, nada vai nos parar e que não se trata de choro de perdedor, mas sim senso de justiça, independente do resultado final.
      Abraços!

  • Evandro disse:

    Exatamente!
    Cara não sei explicar, mas vejo esse time com um orgulho enorme… Como vc disse já tivemos peças individuais em nível melhores
    Mas com essa união, garra e com essa determinação de disputa em cada jogada , cada bola e o melhor em coletivo não me lembro.
    Já sobre essa auxiliar fraquíssima, pra mim ela não conhece a regra
    E a outra,a nua lá, não sei se é muito clubismo, mas pra mim foi uma troca de interesses

    • Evandro,

      Com essa vontade e garra eu tenho certeza que, no Botafogo, eu nunca vi.
      Quanto à levantadora de bandeira, concordo com você que é incompetência.
      A de 2007 também era incompetente e certamente levou alguma vantagem para cometer erros tão gritantes em sequência. Ainda foi muito esperta e soube lucrar com a revista, já que era mal caráter, mas bem gostosa.
      Abraços!

  • diego disse:

    Espero que que Roger comece aproveitar melhor as chances que tem, já que são poucas, na libertadores ele perdeu um gol mais fácil que esse por exemplo, porém torço pra que ele melhore sua pontaria e justifique, assim, sua permanência.

    Sobre o Camilo a muitos jogos ele vem jogando abaixo do esperado ( parte física, ja que teve jogos dele errar batida de escanteio), e todos os outros jogadores que podem fazer a função estão machucados, fica difícil desse jeito.

    Guilherme precisa de um puxão de orelha pra ontem, já que é muito fominha.

    Boa analise é bom texto.

    • Valeu Diego!
      Tenho o mesmo sentimento que você quanto ao Roger. Parece ser um cara íntegro, de grande caráter e que merece ter melhor sorte à frente de nosso ataque.
      Quanto ao Camilo, é louvável seu esforço, mas ele está tão mal que acredito que está prejudicando mais do que ajudando.
      O Guilherme tem que levar não só um puxão de orelha, mas um peteleco na orelha e um chute na bunda porque esse egoísmo é recorrente.
      Obrigado pelo elogio! Sigamos juntos!
      Abraços!