Redes Sociais

Notícias

Em noite de assistência e gol pelo Botafogo, Luis Henrique vive “dia mais feliz como profissional”

Publicado

em

Jogador de apenas 18 anos está de contrato renovado e é tratado como joia dentro do clube; Valentim elogia “dotes físicos e técnicos” e destaca bom comportamento do atacante

A estreia de Luis Henrique na primeira temporada como jogador profissional não cabia nem nos sonhos mais otimistas do jogador que completou 18 anos há um mês. Com uma assistência e um gol, a joia alvinegra comprova ser uma das gratas surpresas do 2019 que não foi bom para o Botafogo.

Depois de duas oportunidades na equipe principal nas rodadas finais do Campeonato Brasileiro, Luis Henrique não deixou mais o grupo comandado por Valentim. Além de ganhar a vaga no elenco, conquistou a titularidade e a valorização: seu contrato, que terminava em janeiro, foi renovado até 2022.

– A felicidade é imensa por marcar meu primeiro gol como profissional, ainda mais na nossa estreia depois da pré-temporada lá no Espírito Santo. Espero que seja o primeiro de muitos. A bola acabou escapando um pouco ali, mas deu para consertar da melhor forma possível. Esse gol é para toda a minha família e para quem me apoia. No outro jogo eu dei o passe para o Pedro Raul, ele tinha que devolver (risos) – afirmou Luis Henrique.

“Como profissional é sim o dia mais feliz da minha vida”.

O sorriso no rosto no momento da entrevista depois de uma noite cheia das melhores sensações é o mesmo que Luis tenta levar pra vida. De origem humilde, o garoto tem ambições, mas respeita seu tempo e tenta fazer valer a pena os últimos quatro anos longe de casa. Até o ano passado, ele vivia no alojamento de General Severiano com o irmão Pedro Augusto, de 15 anos e que também joga no Botafogo.

Os 18 anos e a inexperiência o fazem ter atenção especial da comissão técnica e da diretoria alvinegra. Alberto Valentim, responsável por integrá-lo ao profissional, acompanha de perto seu desenvolvimento e, além das qualidades que pudemos ver em campo, o técnico destaca a “cabeça boa” de Luis Henrique.

– O Luis Henrique é muito atento ao que a gente passa. É mais novo que meu filho. Totalmente profissional, focado. Vai errar em algumas tomadas de decisão, mas temos que entender até pela idade. Vai melhorar muito. Tenho certeza que terá uma excelente carreira, não só pelos dotes físicos e técnicos, mas pela cabeça. Um jogador que sabe ouvir e trabalha muito forte – disse o treinador.

Luis Henrique voltou para Solânea – cidade onde foi criado no interior da Paraíba – nas férias de fim de ano como personalidade do município. Foi parado para fotos e autógrafos. Não podia nem sair na porta de casa sem ser abordado. Havia feito apenas dois jogos no profissional… Agora terá que lidar com o sucesso, que promete ser maior caso o atacante repita a atuação da gloriosa estreia em 2020.

Fonte: Globoesporte.com

Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: