Redes Sociais

Notícias

Grupo de trabalho atua em silêncio no Botafogo e prepara terreno para atrair investidores

Publicado

em

Espera-se que, no máximo em um mês e meio, o planejamento esteja pronto para que se inicie o principal desafio, a fase de captação de recursos

Passado mais de um mês da apresentação do estudo da Ernst & Young aos dirigentes alvinegros, a criação da Botafogo S/A, assunto que mexe com os ânimos do torcedor, ainda não avançou muito. Nos corredores de General Severiano, fala-se em trabalho e corrida contra o tempo para a concretização do projeto até o fim do ano.

O Botafogo evita falar sobre o assunto. Foi criado um grupo de trabalho para se dedicar ao processo e, espera-se que, no máximo em um mês e meio, o planejamento esteja pronto para que se inicie o principal desafio, a fase de captação de recursos.

Fazem parte do grupo o presidente Nelson Mufarrej, VPs, além de pessoas com experiência em gestão e alguns botafoguenses ilustres. O primeiro passo dado é no sentido de viabilizar a parte jurídica e o planejamento econômico. Inclusive, empresas especializadas foram contratadas para ajudar no processo.

“Não adianta ter um comprador se o apartamento estiver com muitos problemas a serem resolvidos. Mas não adianta também reformar todo o apartamento e não ter interessados em comprar”, exemplifica um dirigente.

Ainda não há investidores definidos. Ao contrário do que se fala, a participação dos torcedores ilustres ajudaria, mas não sustentaria a criação da SPE. O mais provável é um fundo de investimento – dizem – que já esteja habituado a direcionar seu capital para essa finalidade (entretenimento/esporte/futebol).

O clube foi procurado por pessoas com representação em busca de detalhes sobre o projeto, mas apenas com o planejamento finalizado será possível apresentar com mais clareza como funcionaria a Botafogo S/A. Por isso, os dirigentes têm cautela para falar sobre investidores nesse primeiro momento. O planejamento está encaminhado, mas o trabalho começa mesmo na busca por recursos.

“Há pessoas dedicadas a isso, a preparar essas informações para apresentar a possíveis investidores. Mas é preciso algo mais consistente para alguém que esteja realmente interessado”.

Conselho Deliberativo

Está prevista para o fim de setembro uma reunião ordinária do Conselho Deliberativo. Entre os assuntos da pauta, estará a Botafogo S/A. Conselheiros esperam uma “reunião quente”, com questionamentos sobre o tema e os avanços alcançados pelo grupo de trabalho.

Os conselheiros pretendem cobrar a formação do conselho consultivo e acesso à documentação.

Com o projeto pronto, deverá ser convocada uma reunião extraordinária para votação e, sendo aprovado, a adequação do Estatuto do clube. A partir da reunião do conselho, espera-se mais novidades sobre o tema.

Fonte: globoesporte.com

Clique para Comentar

Newsletter

Anúncio Patrocinado

Facebook

%d blogueiros gostam disto: