Redes Sociais

Colunas

Jair agradece apoio do presidente

Publicado

em

Nesta segunda-feira, na sede da CBF, no Rio de Janeiro, Jair Ventura foi eleito o técnico revelação do Brasileirão, após assumir o Botafogo na zona do rebaixamento e levar o Glorioso à Copa Libertadores em 2017. Após a cerimônia, no “Bem, Amigos!”, o treinador alvinegro agradeceu ao presidente Carlos Eduardo Pereira pela confiança depositada para assumir uma responsabilidade tão grande.

– A gente passa pela desconfiança, ainda mais por ser um treinador jovem e, por isso, só tenho que dar mérito ao meu presidente. Esperei 11 anos por essa oportunidade e não iria adiantar nada ter me preparado por tanto tempo, mas nunca acontecer. Então, tenho que agradecer ao Carlos Eduardo Pereira por ter confiado no meu trabalho. Foi muito bacana o que ele fez porque ele nunca me deixou como interino para ver o que ia acontecer. Já me efetivou, antes mesmo da primeira partida. Isso me deu confiança, o grupo abraçou a causa e tudo ficou mais fácil. Mas a maior dificuldade foi pegar o time na zona do rebaixamento porque eu sabia que uma queda marcaria minha carreira de forma negativa. E a gente não podia deixar um clube, do tamanho do Botafogo, disputar a segunda divisão – afirmou o treinador.

Jair Ventura falou mais uma vez que o principal objetivo ao assumir o comando técnico do Botafogo era tirar o time da zona de rebaixamento e se garantir matematicamente na primeira divisão em 2017. O jovem treinador agradeceu os jogadores que, segundo ele, “abraçaram a causa”.

– Quando assumi, o Botafogo estava na 17ª colocação, na zona do rebaixamento, então nem pensávamos em Libertadores naquele momento. O nosso principal objetivo era fazer a pontuação para nos livrarmos matematicamente do rebaixamento e fomos atrás disso. Estreei contra o São Paulo, em um jogo muito difícil no Morumbi, e vencemos. O grupo me abraçou! Foi muito fácil esse trabalho ter acontecido porque os jogadores foram fantásticos, abraçaram a causa e juntos fomos muito fortes. Quando fizemos os 46 pontos, olhamos na tabela e já estávamos na zona de classificação para a Libertadores. E conseguimos essa vaga para dar de presente aos nossos torcedores – disse.

E é com esses jogadores que Jair Ventura pretende continuar surpreendendo e levar o Botafogo à fase de grupos da Libertadores ano que vem. O treinador afirmou que pretende contar com a “espinha dorsal” do time em 2017, porém, com contratações pontuais.

– A gente sabe da dificuldade da pré-Libertadores, situação de mata-mata em quatro jogos, vai ser bem difícil, mas a gente vai forte. Nosso maior reforço vai ser a manutenção do elenco, isso é importante, mas também fazer contratações pontuais para fortalecer ainda mais o nosso grupo – concluiu Jair Ventura.

Fonte: globoesporte.com.br/botafogo

Clique para Comentar

Newsletter

Anúncio Patrocinado

Facebook

%d blogueiros gostam disto: