Na hora do aperto, é com a Torcida

Seja o primeiro a comentar

ANÁLISE COM CARA DE APELO

“Todas as equipes tentando fazer do seu campo uma força maior e manter uma média de pontos alta. É um estádio onde jogamos e eventualmente treinamos, além de se tornar mais importante ainda quando está cheio e em festa como nos jogos pela Sul-Americana. Ela nos empurra. Esperamos um apoio incondicional do nosso torcedor. Precisamos de uma grande vitória, comentou o treinador, antes do treino desta tarde, integralmente fechado”… a referência demonstra a clara preocupação ante ao confronto com o Bahia neste fim de semana.

FORTES EMOÇÕES NA PARTE DA TABELA INDESEJADA

Faltam 10 rodadas para o término do Brasileirão e temos 35 pontos. Precisamos de pelo menos 12 para escaparmos da degola ou 40% de aproveitamento, diga-se de passagem, perto dos 41,7% que apresentamos até o momento nas 28 primeiras rodadas.

Até quando teremos que conviver fazendo contas para não cair, ao invés de almejarmos o primeiro terço da tabela?

DIRETORIA FAZ CONTAS REALISTAS OU DO TAMANHO DA SUA ADMINISTRAÇÃO?

Quando lemos que a Diretoria faz contas para o 10º. lugar pensando na premiação (baixa diga-se de passagem), entendemos a penúria do Orçamento alvinegro que mostrou-se escancaradamente na votação no começo desta semana para a aprovação de mais uma antecipação de cotas.

Pesadelo que julgávamos nunca mais convivermos, acreditando no discurso de austeridade e conservadorismo financeiro da atual gestão.

Só que até para esta “ambição” (podemos usar este termo?) devemos melhorar nosso desempenho (50% nas 10 rodadas finais) para chegar a 50 pontos e alcançarmos provavelmente esta colocação.

O QUE É SONHO PARA UNS É PESADELO PARA OUTROS

E a torcida verifica que o seu pesadelo pode ser o sonho de quem comanda o clube que tanto amamos. A meta do 10º. lugar, ainda mais quando divulgada oficialmente, comprova que há algo em General Severiano  completamente ofensivo e dissociado da história e tradição alvinegra.

Sem recorrer aos ídolos inesquecíveis dos esquadrões dos anos 60 eternizados na história do futebol mundial, pedimos desculpas apenas aos mais recentes: perdoe-nos Túlio e Louco Abreu, mas hoje almejamos o 10º. lugar

Saudações Alvinegras.

Fonte: UOL/Lance!/ 19/10/2018

https://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/lancepress/2018/10/19/ze-pede-apoio-incondicional-da-torcida-e-espera-licao-para-encarar-algoz-da-sul-americana.htm

Crédito da foto: REUTERS/Sérgio Moraes

Publicado no dia

Deixe um comentário! 0