Redes Sociais

Colunas

No caminho certo.

Publicado

em

Dudu vê portas abertas para o Bota e critica Rafael Carioca: “Não é futebol”
Herói da vitória contra o Atlético-MG, volante diz que “o céu é o limite” para o time, critica entrada de adversário em Neilton e sonha em disputar primeira Libertadores.

Demorou, mas chegou com um gostinho especial. Em seu 13º jogo pelo Botafogo, Dudu Cearense, enfim, marcou seu primeiro gol pelo clube. E o momento não poderia ser melhor. Aos 45 minutos do segundo tempo, o volante deu a vitória ao Alvinegro, no dramático 3 a 2 contra o Atlético-MG, neste domingo, na Ilha do Governador.

O lance assegurou a quarta vitória consecutiva ao Botafogo. Com dez triunfos nos últimos 13 jogos do Campeonato Brasileiro, o time saltou da zona de rebaixamento para a quinta colocação, na zona de classificação para a Libertadores. Para o herói da partida, o horizonte está aberto para o time.

– Eu não tinha pressa para fazer o gol. Graças a Deus apareceu no melhor momento e ajudou na vitória. Foi maravilhoso. O céu é o limite. Abriram as porta para nós, e a gente quer entrar e não sair mais. Mas não podemos nos empolgar demais. Temos que manter os pés no chão. Sabemos das nossas limitações, e não podemos perder nossa essência de superação. Quem sabe podemos chegar ao G-3 ou ao vice-campeonato? Título está mais difícil, mas enquanto tivermos 0,01% de chance, vamos lutar – disse Dudu.

O volante, no entanto, não tem apenas coisas boas para falar sobre a vitória por 3 a 2 contra o Atlético-MG. Dudu Cearense fez duras críticas a Rafael Carioca, que acertou Neilton no primeiro tempo e foi punido com cartão amarelo pelo árbitro Wagner Reway

– Lá fora se fala pouco e trabalha mais. Aqui no Brasil, se você dá uma chegada mais forte no treino, o colega quer brigar contigo. É normal. Mas teve um lance ontem, do Rafael Carioca no Neilton, que eu não gostei. Para mim não é futebol. Carrinho faz parte. Mas ali não existe. A arbitragem errou – lamentou Dudu.

Da Champions para Libertadores

Durante sete temporadas na Europa, Dudu Cearense foi campeão da extinta Copa da Uefa e teve a oportunidade de disputar a Champions League, com o CSKA Moscou. O volante, no entanto, ainda persegue o sonho de jogar sua primeira Libertadores.

– Se vier, a vaga na Libertadores terá um sabor de conquista, sem duvida. Não só para nós, mas também para o clube e para a torcida. Já joguei a Champions League, mas não a Libertadores. É um objetivo que eu tenho – concluiu.

Dudu Cearense pode ter nova oportunidade como titular nesta quarta-feira, contra o Santa Cruz. Com dores na coxa, Airton é dúvida para a partida.

Fonte: globoesporte.globo.com

Clique para Comentar

Newsletter

Anúncio Patrocinado

Facebook

%d blogueiros gostam disto: