Novo Técnico

Seja o primeiro a comentar

Com um brilhante planejamento e uma resistência incrível em mudar, caiu ontem, por incapacidade, Felipe Conceição. Foram 7 jogos para um contrato de 3 anos.

Será mesmo incompetência de Felipe?

Vamos agora buscar um novo técnico para temporada ou talvez o primeiro técnico do ano.

O clube tem pressa na busca por um novo comandante para começar a Taça Rio junto com o elenco, no próximo dia 22, contra o Nova Iguaçu. Ciente da pressão sobre o agora ex-treinador, a diretoria já passou a última semana estudando opções e definiu um perfil diferente: se os últimos dois técnicos foram pratas da casa, auxiliares promovidos, agora a procura é por um nome experiente no mercado.

– No futebol não há nada que se parta do zero, há sempre uma discussão, há sempre possibilidades, e vamos trabalhar para suprir essa necessidade. Não vou especular nenhum nome nesse momento – comentou o gerente de futebol alvinegro,  Anderson Barros, logo após a derrota para o Flamengo por 3 a 1 na semifinal da Taça Guanabara.

A linha de pensamento da diretoria significa que não arriscaram nova aposta com Eduardo Barroca, técnico do sub-20 e cotado para o cargo antes de Felipe Conceição assumir. O favorito de muitos dirigentes é Marcelo Oliveira, bicampeão brasileiro pelo Cruzeiro em 2013 e 2014, campeão da Copa do Brasil de 2015 com o Palmeiras e vice em 2016 pelo Atlético-MG. Mas acabou rebaixado no ano passado com o Coritiba, seu último clube. Aos 62 anos, está livre no mercado.

Parece que o torcedor estava com razão mais uma vez. Pobre do Botafoguense que não escolhe quem quer ser presidente e atura o pouco caso do “escolhido”.

Assista também:

Sabia que você pode receber as notícias do site da Rádio Botafogo com toda tranquilidade? Vá em www.radiobotafogo.com.br e assine o site colocando seu email. É rápido , grátis e simples!

Publicado no dia

Deixe um comentário! 1