Redes Sociais

Notícias

O mar se abriu e Gilson partiu… amém!

Publicado

em

A boa atuação de Marcinho e, principalmente, Moisés na vitória do Botafogo sobre o Nova Iguaçu, trouxeram à torcida alvinegra o alívio de saber que não mais terá de aturar Arnaldo e Gílson como titulares.

A chegada de Alberto Valentim trouxe mudanças consideráveis em campo, além do próprio sistema tático, o retrato da chacoalhada que o novo treinador alvinegro procurou dar no elenco foi a substituição dos dois laterais.

Marcinho e Moisés foram para lá de competentes nas vagas de Arnaldo e Gilson, mas o camisa 4 não assume sozinho os louros.

– Até o Valentim, numa conversa com a gente quando se apresentou, disse que quando há uma mudança é porque algo não está dando certo. Acho que foi isso que aconteceu. Não importava muito quem ia entrar, quem fosse entraria bem – avalia Marcinho.

A confiança do treinador nos escolhidos – ou o descrédito sobre os laterais sacados – se comprova pela radicalidade com que a novidade foi vista em campo. Marcinho vinha de longo tempo inativo, por conta de lesão. Moisés tinha três dias de contratado apenas.

– Para estar aqui tem que ter bagagem, credenciamento para estar aqui. Ele (o treinador) deu muita confiança e calma para a gente fazer trabalho com êxito – afirma Marcinho.

Nas próximas semanas, Marcinho e Moisés devem ter sequência como titulares. Contudo, Arnaldo, Luis Ricardo, Gilson e Yuri também buscam lugar ao sol.

Fonte: lance.com.br/botafogo

Lembrando que toda segunda-feira, às 21:15h, tem BOTAFOGO NO AR, a melhor resenha esportiva só falando de Botafogo.
Para receber a notificação do programa ao vivo e participar durante a transmissão, se inscreva em  nossa Página no YouTube e curta a página da Rádio Botafogo no Facebook.

Assista também à Live Pós Jogo Nova Iguaçu 1×2 Botafogo, com Rodrigo Falcão.

Clique para Comentar

Newsletter

Anúncio Patrocinado

Facebook

%d blogueiros gostam disto: