Redes Sociais

Thiago "Escobar" Antunes

PERDEMOS… PERDEMOS TODOS COMO CIDADÃOS!

Publicado

em

Demorei a escrever hoje porque sinceramente não sabia nem por onde começar tamanha minha indignação.

Me recuso a fazer avaliações mais profundas em relação ao jogo porque foi o que houve de menor importância ontem.

De forma bem resumida, parabéns aos nossos reservas que honraram a camisa (e jogaram até melhor do que eu esperava). Neste texto, excepcionalmente, não teremos a opinião sobre a atuação de cada jogador.

O resultado pouco importou, ficou totalmente em segundo plano…

Perdemos… Perdemos todos como cidadãos!

As cenas de barbárie e de guerra vistas no entorno do estádio, a destruição de bares, casas, vias públicas, não pode ser justificada por nenhum policiamento reduzido.

Recebi fotos de destruição por toda a parte, dentro e fora do estádio, bombas, tiros, todas as lixeiras dos postes de rua quebradas ou implodidas e tudo isso é muito diferente daquilo que entendo como esporte e rivalidade.

Rivalidade é super positiva quando fica no campo da brincadeira respeitosa, na cerveja com os amigos dos times adversários, nos grupos de WhatsApp com montagens divertidas, nos compartilhamentos do Face onde se exalta a invencibilidade ou os placares elásticos para um dos lados.

Violência, revanchismo, guerra, armas, tiros, pedras, pedaços de pau, etc, etc, etc… Isso é esporte?

Fiquei refletindo desde ontem o que leva um marginal desse sair de casa com o intuito exclusivo de brigar, gerar confusão, até mesmo matar alguém apenas porque este veste camisa diferente da sua…

Ninguém pensa que o outro, antes de torcer para o time X, Y ou Z, tem uma família, tem filhos, responsabilidades, pessoas que o amam? O próprio marginal que se arrisca não pensa nas pessoas que se preocupam com ele?

Enfim, a cada dia que passa temos mais exemplos abundantemente sendo disseminados de que o ser humano falhou em sua evolução.

Sinceramente, duvido cada vez mais da nossa capacidade humana de enxergar o próximo como a nós mesmos.

É claro que a maioria das pessoas são de bem, mas para o mal triunfar basta que nada seja feito. E é justamente isso que vem acontecendo.

Falhou o GEPE na segurança do jogo, falhou a FERJ em manter um jogo sem condições de ser disputado, falhou a educação do nosso povo que forma grupos capazes de disseminar violência e voltar para casa se vangloriando de ter batido em um torcedor de outro time… Hã? Essa é a onda? Essa é a graça? Esse é o objetivo final e triunfante?

É importante também destacar que não houve briga de torcidas como a já conhecida FlaPress está tentando emplacar. Tivemos apenas mais uma demonstração da falência da nossa sociedade. Tivemos uma grande quantidade de marginais travestidos de torcedores invadindo a área reservada aos alvinegros com o intuito de agredir, bater e até matar se aproveitando do número reduzido de policiamento.

Isso sem contar nos grupos que ficaram nas saídas dos trens para que nenhum alvinegro pudesse desembarcar das estações e chegarem no estádio. Uma cena mais lamentável que a outra!

Lamentável também a declaração do presidente deles dando conta de que estavam alarmando a população e que nada ocorreria em termos de segurança. Para corroborar a péssima conduta do clube, após o jogo, as postagens oficiais nas redes sociais se vangloriando da violência demonstraram bem como este hábito deplorável já é visto como natural por eles.

Carlos Eduardo Pereira faz muito bem em não ter nenhum relacionamento com esta instituição.

Clássico meio a meio na nossa casa, nunca mais! Não dá, simplesmente falhamos como sociedade e não é possível manter torcedores de times diferentes em um mesmo espaço sem que o risco de morte iminente e violência descontrolada seja enorme.

Nem estou destacando a destruição dentro dos setores onde os mesmos foram alocados porque se o espaço público e privado dos moradores ao redor não foi respeitado, imagina se respeitariam o estádio…

Sem casa, sem educação, sem perspectiva, sem punição, sem responsáveis identificados, sem solução, sem esperança!

Perdemos… Perdemos todos como cidadãos!

Quarta-feira tem Libertadores e apenas com a nossa torcida no estádio. Espero não ter que vir aqui escrever sobre nenhum tipo de incidente violento como fiz hoje e também na última coluna que escrevi.

Vamos todos ao Niltão torcer apenas pela nossa vitória! É futebol, é esporte, é paixão, é só isso que importa!

Como diz sabiamente meu grande amigo André Botafogo: “Família, amigos e Botafogo!”

Paz nos estádios, paz nas ruas, simplesmente, paz e respeito!

Saudações alvinegras! – Curta, comente e compartilhe!

Minhas redes sociais:

Twitter: @thiagoantunesc

Facebook: Nosso Escudo no Lugar do Coração

Instagram: @projetobrilhodasestrelas

Curta a página e coloque nos seus favoritos!

Se você gostou, espalhe esta coluna pelas suas redes sociais e nos ajude na divulgação deste espaço.

Sigo com minha bandeira na mão e nosso escudo no lugar do coração!

Bruno Antunes

Continuar Lendo
Clique para Comentar

Newsletter

Anúncio Patrocinado

Facebook

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: