Redes Sociais

Bruno Antunes

RECONHECIMENTO PELO MÉRITO: JAIR VENTURA

Publicado

em

Botafogo, líder do segundo turno! Quem diria??? Quem, em sã consciência, acreditava que seria possível esse time entrar nessa fase de sequência de vitórias convincentes?

De concorrente a lutar contra o rebaixamento a improvável intruso no G4. Quem, agora, dirá que é impossível?

Eu mesmo acreditava que lutaríamos até a 38ª rodada pelos 46 pontos. Hoje, isso já parece muito pouco perto do que estamos apresentando e pela pontuação que já atingimos.

Calma, eu sei! O time é o mesmo, apenas o técnico mudou e a fase é ótima, mas me permito respirar aliviado e surfar essa onda de otimismo exacerbado que tem tomado conta da nossa torcida. Rumo ao G4!!!

Por falar em técnico, não posso deixar de reconhecer seu papel decisivo ontem.

Todos sabem que fui contra a efetivação do nosso treinador, mas hoje não tenho nenhum problema em reconhecer.

Mérito total para o Jair por essa vitória. Comentei antes do jogo que gostei muito da escalação inicial e, enfim, ele deu chance a essa dobradinha que eu pedia há 6 meses do lado esquerdo.

Da escalação às substituições, essa vitória tem nome e sobrenome: Jair Ventura.

Iniciamos o jogo com: Sidão, Emerson Santos, Carli, Emerson Silva, Victor Luis, Dudu Cearense, Diogo Barbosa, Bruno Silva, Camilo, Neilton e Sassá. Entraram: Canales (Sassá), Pimpão (Neilton) e Gervásio “Yaca” Nuñes (Victor Luis).

Isso mesmo! Victor Luis foi colocado como lateral esquerdo devido a seu poder defensivo maior que do Diogo Barbosa, que foi deslocado a jogar como volante/meia pelo mesmo lado. Emerson Santos entrou improvisado na lateral devido a lesão do Luis Ricardo e preterindo o reserva imediato, Diego.

Essa dobradinha e o revezamento de funções pelo lado esquerdo tem tudo para continuar dando certo e eu os manteria mesmo com a volta do Lindoso. Do lado direito, eu teria entrado com o Diego para evitar a improvisação, mas admito que deu certo pela consistência defensiva que tivemos com o Emerson.

O jogo começou disputado no meio-campo e nenhuma das equipes teve chances claras no início. O Botafogo bem postado se defendia bem. Emerson Santos avançando como lateral não foi bem (o que é extremamente compreensível, visto que ele é zagueiro), porém defensivamente fechava o setor com eficiência.

Aos 15’, nossa primeira chance. Victor Luis deu lindo chute de fora da área em jogada ensaiada de falta e soltei o grito de gol em casa…, mas a bola incrivelmente não entrou e tirou tinta da trave das Marias.

O Cruzeiro só foi ter uma chance clara, aos 37’, em cobrança de falta, mas Sidão fez excelente defesa.

A origem da jogada foi uma falta de Carli em que ele recebeu o terceiro amarelo. Vi nas redes sociais muita discussão sobre a marcação da falta e aplicação do cartão. No meu entendimento, houve a falta, pois o Carli esquece a bola e “fecha a porta”, obstruindo a passagem do atacante, indo diretamente em seu corpo. Por outro lado, a aplicação do cartão é de um exagero indiscutível e esse erro tirou nosso xerife do próximo jogo.

Aos 40’, 43’ e 44’, o adversário teve chances de abrir o placar, mas não o fez. Primeiro, Dudu Cearense salvou na hora da finalização. As outras duas chances foram conclusões para fora que passaram perto.

Antes do fim do primeiro tempo, a resposta do Fogão. Camilo deu belo passe à Neilton, que recebeu pela direita do ataque com espaço, dominou, bateu cruzado, fez tudo certinho, mas o goleiro fez excelente defesa. 0 x 0 e esse último lance foi a chance mais clara do jogo. Botafogo melhor em campo.

Veio a segunda etapa e o jogo ganhou em emoção e em gols. Canales entrou no lugar de Sassá, novamente sentindo o incômodo que o fez ser dúvida para esse jogo.

As Marias vieram para cima em busca do primeiro gol do jogo e pressionaram durante vinte minutos, entretanto, tiveram apenas duas finalizações facilmente defendidas por Sidão.

Aos 20’, o Fogão pressionou a saída de bola delas e roubou a bola ainda na intermediária de ataque. Victor Luis percebeu a infiltração de Canales e fez linda enfiada de bola para o chileno que ajeitou e bateu consciente, abrindo o placar. 1 x 0 Botafogo dentro do Mineirão.

No minuto seguinte, Pimpão, que já estava aquecendo, entrou na vaga do Neilton para dar novo gás aos nossos contra-ataques.

Elas tentavam se recompor do baque pelo gol sofrido e o Botafogo preparava o bote para matar a partida.

E foi isso que aconteceu aos 33’. Victor Luis novamente deu a assistência em cruzamento na medida para Camilo, que entrava como uma flecha na área, bater de primeira e marcar outro golaço. Depois da bicicleta da semana passada parece que o mito pegou gostou por fazer gols bonitos e fez mais um. 2 x 0 para o Glorioso de General Severiano.

Camilo, vencer o Prêmio Puskas e ficar também com o vice com esses 2 gols é muita humilhação para o restante do planeta, não acha?

O Cruzeiro partiu para o abafa e Sidão fez outra excelente defesa aos 38’. Aos 41’, a bola passou por todo mundo e não entrou. Aos 42’, Diogo salvou quase em cima da linha jogada em que o gol parecia já feito. Aos 47’, Lucas participou da jogada estando em posição de impedimento e invalidou o que seria o gol de honra deles e, no minuto seguinte, Ábila perdeu a última chance antes do apito final.

Fim de jogo, 2 x 0 para o líder do segundo turno do Brasileirão!

Antes da partida, postei no meu Facebook que a vitória era certa e que venceríamos por 1 x 0. Felizmente errei o placar, porque foi ainda melhor, 2 x 0 para não deixar dúvidas de nossa superioridade na partida.

O time foi muito bem e, por isso, hoje tá fácil enumerar os destaques:

– Sidão: Fez excelentes defesas quando exigido. Não é o melhor goleiro do mundo, pois este está em fase final de seu processo de recuperação, mas é um excelente reserva a ser mantido para atuar quando Jefferson estiver na seleção.

– Carli: O xerife da zaga. É inadmissível que tenha sido mantido no banco por tantas rodadas, depois de ter se recuperado da lesão, ficando de fora para o Renan Fonseca. Jogou demais e não passou nada, nem ninguém por ele.

– Emerson Silva: Foi bem ao lado do Carli, assim como o Emerson Santos no último jogo. Pra mim, fica claro que os dois Emersons crescem de produção com o Carli ao lado transmitindo segurança.

– Emerson Santos: Cumpriu bem a função de lateral defensivamente. Atacando deixou muito a desejar. Se limitou a defender e foi importante para garantir a consistência defensiva da equipe.

– Victor Luis: Um dos melhores em campo, não pode voltar para o banco. Quando o Diogo se lesionou no início do campeonato já estava muito bem e voltou ontem novamente tendo grande atuação. O colocaria como titular e o Diogo como meia esquerda auxilaindo o Camilo e ainda ajudando na marcação e podendo revezar com o Victor na lateral, justamente como fizeram ontem.

– Dudu Cearense: Fez um bom primeiro tempo, mas o segundo foi perfeito. Jogou demais e também começa a cavar sua vaga mesmo com a volta dos lesionados.

– Bruno Silva: Foi bem demais e regular durante toda a partida. Cumpriu muito bem a função. Um leão na marcação.

– Diogo Barbosa: Um pouco perdido com o novo posicionamento no início, mas depois se encontrou e foi muito bem na dobradinha pelo lado esquerdo.

– Camilo: O mito de General Severiano. Não basta fazer gol, tem que ser golaço! Joga bem na maioria dos jogos e resolve várias partidas. Disparado a melhor contratação do ano e candidatíssimo a craque do campeonato.

– Neilton: Não teve tanto destaque na partida, mas exerceu função importante atacando e, principalmente, voltando para auxiliar o lado direito devido a presença do Emerson improvisado na lateral.

– Canales: Entrou e fez o gol. Foi só, mas já é um começo.

– Jair Ventura: Craque do jogo. Como disse no início do texto, da escalação às substituições foi perfeito. Mérito total a ele por essa vitória.

Mesmo com essa belíssima vitória, nem todos foram bem.

– Sassá: Destaque da equipe nos jogos anteriores, jogou apenas o primeiro tempo e mal tocou na bola. Talvez a lesão já estivesse limitando seus movimentos.

– Pimpão: Vem entrando nos jogos com frequência, mas ainda não estreou efetivamente no Botafogo. Ainda não disse a que veio.

– Gervásio Nuñes jogou pouquíssimo e qualquer avaliação seria injusta.

Pra finalizar, gostaria apenas de esclarecer que aqui não tem papo de cheirinho de nada. Aqui é “rumo”. Esse papo de cheirinho é coisa de mulambo!

Quarta tem jogo contra o Santos na nossa Arena Botafogo às 19:30 com ingressos a preços promocionais. Vamos lotar a Arena e empurrar o time à quarta vitória seguida!

Agora que deram esse gostinho, eu tô mal acostumado!!! Quero vencer de novo e continuar sonhando com objetivos maiores. É pra lotar a Arena na quarta!!!

Um adendo importante: Sou totalmente a favor da promoção de ingressos com o objetivo de lotar a Arena. O que não pode é o sócio torcedor que comprou o pacote sob o argumento de estar economizando não receber um benefício extra após essa baixa nos preços.

Se a intenção é lotar a Arena, uma ação simples seria dar o direito de um acompanhante, exclusivamente para este jogo, a cada um que comprou o pacote. Assim, a diretoria estaria valorizando quem acreditou no projeto, estaria possibilitando aos que não tiveram condições de comprar de ir e ainda estaria lotando ainda mais a Arena. O sócio torcedor tem que ser sempre valorizado e deve ter a percepção de que é vantajoso permanecer no programa, assim como quem não é tem que ter este mesmo sentimento para que tenha vontade de se tornar.

Repito: A promoção é muito válida, mas há de se ter maior preocupação com os sócios torcedores que adquiriram os pacotes da Arena.

Por fim, volto a te convidar a conhecer os novos planos de sócio torcedor do Botafogo. Por apenas R$ 13,90, você ajuda nosso clube e tem uma série de benefícios no plano básico. O clube baixou os preços dos pacotes e agora os novos valores são: R$ 100,00 (arquibancada Norte), R$ 195,00 (arquibancada Leste) e R$ 390,00 (Social) para todos os jogos restantes com mando de campo do Botafogo no Campeonato Brasileiro.

Associe-se em Sou Botafogo. O Botafogo somos nós e precisamos participar do processo de soerguimento do clube.

Saudações alvinegras! – Curta, comente e compartilhe!

Minhas redes sociais:

Twitter: @thiagoantunesc

Facebook: Nosso Escudo no Lugar do Coração

Curta a página e coloque nos seus favoritos!

Se você gostou, espalhe esta coluna pelas suas redes sociais e nos ajude na divulgação deste espaço.

Sigo com minha bandeira na mão e nosso escudo no lugar do coração!

Bruno Antunes

3 Comments

Newsletter

Anúncio Patrocinado

Facebook

%d blogueiros gostam disto: