Redes Sociais

Colunas

Retomada da esperança

Publicado

em

Esta vitória hoje, diante do time da Ressacada, é um alento, nada mais do que isso. Para um clube que vê a sua “salvação” ligada diretamente à permanência na série A, ganhar o lanterna do campeonato mesmo que fora de casa virou uma obrigação não mais pelo peso da camisa e sim pela sobrevivência.

Sem vencer desde o último jogo antes da Copa América, o time de Eduardo Barroca apresentou nada ou quase nada de evolução frustrando as expectativas do técnico e da torcida. Como uma natural consequência, os resultados foram ruins até o jogo de hoje, onde o Avaí facilitou nossa vida oferecendo pouco perigo e nenhuma resistência. Encerramos desta forma a sequência incômoda de derrotas.

E que bom! Foi o adversário certo no momento certo possibilitando algum tipo de tranquilidade na semana que virá, na qual questões extra campo como os dois meses sem salários aos funcionários tumultuam bastante o ambiente de GS. Ter pelo menos algum tipo de paz neste momento é fundamental na loucura que é a gestão do futebol alvinegro.

Sobre o jogo, o BFR longe de apresentar um futebol vistoso, fez uma partida morna, digna das dificuldades e limitações das duas equipes. Ao abdicarmos da maior posse do porrete, conseguimos desta maneira acertar 2 socos diretos e nocautiamos o já combalido clube de Florianópolis. A zaga foi bem, JP também, os pontas e o ataque novamente apáticos. Individualmente Santana e Benevenuto destacam-se pelos gols. Ninguém mais merece ser referenciado.

Com a nossa Vitória a torcida mais apaixonada que há poderá curtir o resto de domingo sossegada pelo menos. Amanhã as camisas alvinegras vão novamente às ruas na esperança que Janeiro chegue o mais rápido possível. Sobre 2019, este jogo só comprova que precisamos olhar pra nossa realidade, empurrar o time e esperar com muita esperança a chegada do ano novo.

Se este ano algo melhor qua a necessária permanência vier, será um brinde a esta torcida. Onde nunca faltou orgulho pra essa galera, estava faltando esperança.
Não está mais! Pode não ser um ano de título, mas que seja a retomada da dignidade. No mais, feliz 2020!

Clique para Comentar

Newsletter

Anúncio Patrocinado

Facebook

%d blogueiros gostam disto: