Redes Sociais

Fábio Rocha

Síndrome do Aparecidense: temos Estrutura?

Publicado

em

NÃO SE TRATA DE DESRESPEITO, MAS CONSTATAÇÃO

O setor do futebol como em muitas atividades é formado por uma colossal engrenagem de agentes e evidentemente, 99% deles são de um tamanho mínimo: a vitrine dos grandes investimentos e destaque é formada por poucos, mas grandiosos atores.

Portanto, Aparecidense, Horizonte do Ceará, Francana e Cuiabá são elementos fundamentais para a disseminação e manutenção do futebol, provavelmente executam um trabalho sério e competente, cumprem seus objetivos, mas é virtualmente impossível que alcancem um maior destaque no cenário nacional.

QUESTÃO DE ESTRUTURA

Por mais competente que seja uma estrutura ela é limitada em seus objetivos e conquistas por Orçamentos. Grandeza de conquistas têm estreita relação com recursos financeiros e óbvio, de acordo com a competência que são geridos.

NÃO HÁ JUSTIFICATIVA

Portanto não há como compreender, por mais delicada que seja (e sabemos que é) a situação financeira do Botafogo, que percamos de maneira vexatória para o Aparecidense como ocorreu na Copa do Brasil ano passado e “brindemos” o torcedor alvinegro já nos primeiros dias de 2019 com duas atuações horrorosas (para ser educado) contra adversários tão modestos quanto o Horizonte do Ceará (empate conseguido aos 43 do segundo tempo) e Cuiabá (derrota com direito a uma entrada criminosa do nosso atleta contra o adversário) e uma “meia boca” na magra e dramática vitória contra a Francana na Copinha.

HÁ ALGO DE MUITO ERRADO

O que leva ao Botafogo apresentar um desempenho pífio perante a estas equipes tão modestas em sua divisão de base? Alguns lembrariam que alguns elementos de destaque da comissão técnica buscaram outros horizontes profissionais em 2018… então o desempenho, bem superior apresentado antes, era calcado apenas nas pessoas físicas? Parece que sim.. então a estrutura é bem deficiente.

ESPERAMOS UM POSICIONAMENTO E MUDANÇAS

Não se trata de uma “caça às bruxas” mas o mínimo que se espera é que o Departamento de Futebol e a Presidência se manifestem claramente sobre o que está tão errado e o que será feito imediatamente para acabar de uma vez por todas com atuações vexatórias e que só contribuem para desvalorizar e enlamear nossa, ainda, gloriosa grife.

SOBREVIDA ATÉ QUANDO?

Passamos de fase após vencermos por 2 X 1 a Francana ontem e continuamos a trilhar um caminho que pelo que demonstramos dentro de campo até agora, será curto.

Este colunista espera estar completamente enganado e caso tenhamos uma campanha longa, chegando às finais, ou até obtendo uma conquista inédita, eu serei mais um alvinegro a comemorar e ironizar esta minha própria coluna.

Parafraseando colegas da Rádio Botafogo: não quero estar com a razão, quero ser feliz !

Saudações Alvinegras.

Crédito da foto: Terra

Continuar Lendo
Clique para Comentar

Newsletter

Anúncio Patrocinado

Facebook

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: