Todos elogiam, mas só o Botafogo quer.

Seja o primeiro a comentar

Indicado por CUCA, elogiado por Alexandre Mattos(Diretor Executivo do Palmeiras) e super apoiado nas redes sociais por torcedores de outros clubes, ALBERTO VALENTIM tem tudo para ser anunciado hoje como novo treinador do Botafogo.

Todos elogiam, mas ninguém teve interesse em contar com Valentim no comando do seu clube, só o incrível Botafogo. A falta de capacidade de pensar grande, transforma o Botafogo no clube simpático que os outros tem afeição (exatamente por não ameaçar e não tentar ser protagonista). Parece que só o “louco” torcedor alvinegro ainda enxerga o Botafogo GIGANTE.

Pensando grande como sua competência, o Botafogo achou em Alberto Valentim o seu novo técnico para 2018. A diretoria entrou em consenso pelo nome ao longo da última segunda-feira e fez contato com o ex-auxiliar e treinador, que terminou o Campeonato Brasileiro do ano passado como vice-campeão pelo Palmeiras. Aos 42 anos, o comandante foi indicação de Cuca, que tem forte ligação com o Botafogo e era o preferido da torcida, mas está fora da realidade financeira do clube.

O Botafogo vê em Valentim um perfil ideal para buscar o encaixe do time que Felipe Conceição não encontrou. E o treinador, livre no mercado desde que deixou o Palmeiras em dezembro, ficou animado em engatar um trabalho de longo prazo no Alvinegro. Faltam pequenos acertos financeiros, mas a diretoria está otimista em um desfecho rápido para anunciar oficialmente ainda nesta terça-feira. Há pressa para que ele aproveite o período sem jogos para conhecer o elenco.

Além de Cuca, de quem foi auxiliar na campanha do título brasileiro de 2016, ele também foi referendado por outros profissionais, como por exemplo Alexandre Mattos, diretor-executivo do Alviverde, e Ricardo Rocha, ex-comentarista e atualmente dirigente do São Paulo. Apesar de buscar um perfil de maior experiência após ter efetivado dois auxiliares no cargo (Jair Ventura e Felipe Conceição), Valentim não é considerado uma aposta pela diretoria. Isso porque soma oito anos como auxiliar e já comandou o Red Bull Brasil no Paulistão e o Palmeiras no Brasileiro.

Enquanto o novo comandante não chega, Bruno Lazaroni é quem dá os treinos para os jogadores desde esta segunda-feira, no Nilton Santos. Filho do técnico Sebastião Lazaroni, ele era gerente das categorias de base do Botafogo no ano passado e desde o início da temporada vinha ocupando o cargo de auxiliar permanente da comissão técnica.

 Fonte: Globo.com
ASSISTA TAMBÉM:

Sabia que você pode receber as notícias do site da Rádio Botafogo com toda tranquilidade? Vá em www.radiobotafogo.com.br e assine o site colocando seu email. É rápido , grátis e simples!

 

Publicado no dia

Deixe um comentário! 0