Zé Ricardo ou torcida, quem tem razão?

Seja o primeiro a comentar

O Botafogo venceu o Defensa y Justicia-ARG por 1 a 0 nesta quarta-feira e abriu vantagem na Copa Sul-Americana. Apesar do triunfo, nem tudo foram flores. Durante o segundo tempo, quando a partida ainda estava empatada, o técnico Zé Ricardo chamou Bochecha para entrar no jogo.
Foi o suficiente para a torcida, que tem ressalvas sobre o jovem meio-campista, vaiar o treinador e chama-lo de “burro”. Após a vitória, o comandante lamentou o clima que o Botafogo vive. Ele entende que isso faz parte do trabalho e que tem total ligação pelo fraco desempenho do time, mas gostaria de evitar.

Meio campo melhorou

Precisamos dizer que na segunda etapa o Botafogo viu seu adversário dominar as ações e conquistar o meio campo com facilidade. A entrada de Bochecha deu equilíbrio ao setor e melhorou a saída de bola alvinegra.

Cobrança normal

”Entendo que isso é normal. Não fizemos um início de temporada bom, cria essa impaciência. Sempre tentamos acertar nas substituições. Não foi a primeira nem a última vez que nós, treinadores, sofremos com isso [chamado de burro]. Entendo, mas tenho que colocar em campo o que temos acreditamos que vai dar certo”, disse Zé Ricardo.

Fonte: Uol

Publicado no dia

Deixe um comentário! 2


  • Roberto de Oliveira disse:

    Tem jogador do palmeiras que não esta sendo relacionado, atacante , nome Arthur salario 80 mil e o meia Hyoran salario 100 mil, poxa se eu sei como eles da Diretoria não sabem?

  • Edgar disse:

    O Zé Ricardo tem histórico de teimosia, nem sempre está certo e às vezes tem que ser vaiado mesmo. Mas não aceito a torcida vaiar jogador da base, tem que apoiar os mlks, são o que temos pra jogar e fazer dinheiro.